FEMAR FORMA A PRIMEIRA TURMA DE TÉCNICO EM TRANSPORTE AQUAVIÁRIO DO RIO DE JANEIRO

No dia 10 de outubro de 2017, a Fundação de Estudos do Mar – FEMAR, por meio da Escola Técnica de Estudos do Mar – ETEMAR, da qual é mantenedora, realizou no seu auditório, a cerimônia de Colação de Grau de quinze alunos da turma pioneira no Rio de Janeiro  de Técnico em Transporte Aquaviário – CTTA.

A Cerimônia foi presidida pelo Presidente da Fundação,  Almirante de Esquadra (RM1) Airton Teixeira Pinho Filho e contou com as presenças  do Diretor de Portos e Costas,  Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, do Superintendente de Ensino do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha, Contra-Almirante (RM1) Marco Antonio Guimarães Falcão,  do Assessor Chefe de Planejamento e Gestão da Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro (SEDUC), Adriano Carneiro Giglio, representando o Secretário de Estado de Educação do RJ, do Diretor Executivo do Sindicato das Agências de Navegação Marítima e Atividades Afins do Estado do Rio de Janeiro, Capitão de Mar e Guerra (RM1) Luiz Antonio Carvalho e do Coordenador da Escola Técnica do Arsenal de Marinha,  Capitão de Mar e Guerra (RM1) Wilson Gonzaga Palmeira.

Roberta Gallo Koeler, Como Escola Técnica, a ETEMAR oferece educação profissional, pois a preocupação com a educação profissionalizante justifica-se, dentre outros fatores, pela necessidade do desenvolvimento de uma mão-de-obra competente, capaz de adequar-se à dinâmica das mudanças no mundo corporativo.  A Escola é conduzida pela sua Diretora, a Professora e Pedagoga Simone Nogueira Vieira da Silva que ressaltou: “Estou muito linjoseada em iniciar esta Cerimônia, tendo a responsabilidade de transmitir aos Formandos uma mensagem que retrata o sentimento do Corpo Docente e da Equipe Técnica Administrativa que estiveram presentes em 1 ano, 2 meses e 12 dias, período de duração do Curso”.

aluna Primeira colocada na classificação geral do CTTA e oradora da turma, ressaltou a importância do curso: “A medida que o curso transcorreu fomos descobrindo as nuances da profissão e suas empregabilidades. Hoje temos a certeza de que muito se espera desta formação tendo em vista que o Brasil depende do mar para se ligar ao resto do mundo e é por ele que mais de 90% dos nossos produtos circulam. Por isso, acreditamos que fizemos a melhor escolha na busca do conhecimento dentro da atual conjuntura ética-moral do País”.

Ao encerrar a cerimônia, o Presidente da FEMAR, agradeceu a presença de todos e afirmou orgulhar-se da formação dos Técnicos, que irão contribuir na busca de soluções para os problemas atinentes ao Complexo Aquaviário.

 
Compartilhe!
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterEmail this to someone