Marinha do Brasil, Femar e AquaRio promovem “Projeto Escola no Mar”

Visita ao Aquário Marinho do Rio de Janeiro (AquaRio)

Crianças e jovens da rede pública de ensino municipal e estadual do Rio de Janeiro-RJ têm a oportunidade de participar de um projeto criado pela Fundação de Estudos do Mar (Femar). O “Projeto Escola no Mar” (Proemar), criado em 10 de agosto de 2017, tem o propósito de disseminar a cidadania, a cultura, o entretenimento e o desenvolvimento da mentalidade marítima. A iniciativa conta com as parcerias da Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM) e o Aquário Marinho do Rio de Janeiro (AquaRio).

O projeto possibilita que, semanalmente, os alunos tenham a oportunidade de visitar instituições que desenvolvam atividades ligadas ao mar. As escolas participantes selecionam 30 alunos para compartilharem das atividades realizadas pelos pedagogos e funcionários da Fundação.

Um dia de Proemar tem início com a visita ao maior aquário da América do Sul, localizado no bairro da Gamboa, Zona Central do Rio de Janeiro, o AquaRio. Os alunos, juntos com biólogos do aquário, percorrem uma área com cerca de oito mil animais de 350 espécies diferentes. De forma lúdica, as crianças aprendem algo incomum ao seu cotidiano. “O reconhecimento de uma criança pela oportunidade em aprender um pouco da cultura do seu País e participar de bons momentos com seus amigos, nos enaltece e nos deixa felizes”, afirma o Presidente da Femar, Almirante de Esquadra Airton Teixeira Pinho Filho.

Após o almoço, patrocinado pela própria Fundação, as crianças seguem ao Espaço Cultural da Marinha do Brasil, uma área expositiva com cerca de 1,1 mil m², localizada na Zona Central do Rio de Janeiro, entre o Largo da Candelária e a Praça XV, subordinado à DPHDM, que tem como propósito preservar e divulgar o patrimônio histórico e cultural da Marinha, contribuindo para a conservação de sua memória e para o desenvolvimento da consciência marítima brasileira.
A visita ao Espaço Cultural da Marinha permite conhecer o “Submarino Riachuelo”, o Contratorpedeiro “Baurú”, o Helicóptero Antissubmarino “Sea King” e a réplica da Nau Portuguesa da época do Descobrimento. As crianças também visitam a Ilha Fiscal ou realizam um passeio marítimo pela Baía de Guanabara a bordo da Escuna “Nogueira da Gama” ou do Navio Rebocador “Laurindo Pitta”

Helicóptero Antisubmarino “Sea King” no Espaço Cultural da Marinha

Na Ilha Fiscal, é possível visitar uma edificação, que D. Pedro II mandou construir em estilo gótico-provençal, onde aconteceu o famoso “Último Baile do Império”, dias antes da Proclamação da República. Na visitação guiada, curiosidades da época são mostradas com detalhes, além de objetos pessoais, obras de arte e uma exposição com as riquezas do mar da costa Brasileira. Já a bordo da Escuna “Nogueira da Gama” ou do Navio Rebocador “Laurindo Pitta”, as crianças conhecem os principais pontos turísticos do Rio de Janeiro. O passeio marítimo tem aproximadamente uma hora e meia de duração.

No biênio 2017/2018, em consonância com as parcerias firmadas com as Secretarias de Educação do Estado e do Município, o Proemar beneficiou mais de 1500 alunos provenientes de 52 Escolas Municipais e Estaduais da cidade do Rio de Janeiro. Para este ano, o “Projeto Escola no Mar” prevê atender 1.230 alunos de 41 Escolas, em prol da missão de disseminar a mentalidade marítima. “Espero que todos percebam a importância que o mar tem para o Brasil e para a nossa sobrevivência no planeta Terra”, conclui o Presidente da Femar.